domingo, 20 de abril de 2008

Leitor Profissional



Nada que eu escrevo presta, desde as dissertações do colégio até meus esforços inspirados e sem censura guardados nas páginas finais de cadernos velhos no fundo da gaveta do roupeiro.

Assim como tenho certeza que sei diferenciar música boa de música ruim (parece fácil, mas milhões de brasileiros não conseguem), tenho certeza que consigo identificar um bom texto, um bom livro, um bom escritor...

Ok, às vezes eu acho que toda a literatura brasileira se resume a Capitu ter traído ou não e passo dias lendo ficção cientifica estrangeira. Mas mesmo assim me considero um bom leitor.

E é exatamente por isso que tenho absoluta certeza: Jamais ganharei dinheiro com minhas letras! Eu sei ler, não escrever.

Mesmo este texto sobre minha própria desgraça é inferiorizado diante de uma charge que nada tem a ver com o assunto colocada lado a ele...

Mas a vida dos mortais é assim mesmo, temos só dois consolos: Contentarmo-nos em não sermos os piores e as nossas drogas-de-final-de-semana.

Por fim, se no desespero de uma crise de meia idade eu resolva ser famoso a todo custo, basta estrangular minha filha de cinco anos e joga-la pela janela do sexto andar.

2 comentários:

  1. Fucah, rá!12:37 PM

    Talvez não tenhas um futuro promissor a seu ver, como escritor. Porém, para mim, este ultimo post mudou completamente seu futuro.

    E ainda bem, afinal não qremos mais crianças mortas para momentos de fama insana.

    Embora saiba que não são poucos que pensam como tal, espero que da proxima vez que cometerem tal atrocidade, optem, não por matar seus filhos, o seu futuro... Mas matem seus pais... Matem aquilo que os prendam ao passado, naquela época em que foi criada em sua inconciência a imoralidade que hj os possui.

    (espero que interpretem isso de modo conotativo, caso contrario, serei presa em 3 dias por expressão de livre pensamento.)

    Adoro seus posts, johnito *-*
    parabéns, eh sempre um prazer passar por aqui :)

    ;***

    ResponderExcluir
  2. Eu diria que também sei ler, mas não escrever. Meus posts são só tentantativas frustadas de por pra fora o que eu sinto e nada mais.
    Além disso, eles nem chegam aos pés dos teus.
    Falando na Capitu, estou lendo Dom Casmurro obrigada, e não está sendo uma boa esperiência.

    Beijo pra ti. =*

    ResponderExcluir